Get ready to be hunted.

LeoFinance
3 days ago
(edited)
6 Min Read
1130 Words

This publication was also written in SPANISH and PORTUGUESE.

crypto_ai.jpg

Cryptocurrency Art

The idea of ​​anonymity around cryptocurrencies has its days numbered, because if it depends on the United States Internal Revenue Service (IRS), whoever intends to circumvent the law in relation to their use, will face bitter consequences. Among the errors is the fact that many people have digital currencies and are not officially declaring them to the government. These gains are part of what to prescribe to be presented in taxes (which are declared annually) and those who do not obey will have headaches (something that will be better formulated with the regulatory laws).

The US government has decided that it will start using artificial intelligence to monitor, or literally monitor, anyone who mentions on a social network that holds cryptocurrencies, and in addition, it will use this technology (a kind of cybernetic auditor) to know who has some failure to comply with the laws (that is, if these people are "walking the tracks"). A measure that is not yet immediate, but that is definitely in the plans of government policy and that certainly must be adopted by many other large countries (for quite obvious reasons).

According to the IRS (through an official announcement), some of these possible tools receive specialized treatment to target all people who use cryptocurrencies, through their publications on social media, they can be found by "auditors" and having your cryptocurrency life scanned to see if tax incentive laws are actually being enforced. The days of anonymity will soon be really numbered, and of course the Americans had to be the first to do so. The thirst for power never ends.

The tracking of these activities focuses on analyzing information that is in the public domain and on both sides (both of those who sell, when those who buy... to receive or make payments) and will not only use social media such as Facebook or Twitter ( for example), will also create an "extension arm" related to Telegram and WhatsApp, in addition to videos or any other media material that mentions cryptocurrencies. Basically, if you comment that you have cryptocurrencies, you have a target in the middle of your forehead. Apparently, American robots will have a lot of work ahead of them.


Prepárate para ser cazado.

La idea del anonimato en torno a las criptomonedas tiene los días contados, porque si depende del Servicio de Impuestos Internos de los Estados Unidos (IRS), quien pretenda eludir la ley en relación con su uso, enfrentará amargas consecuencias. Entre los errores está el hecho de que muchas personas tienen monedas digitales y no las declaran oficialmente al gobierno. Estas ganancias son parte de lo que prescribir para ser presentado en impuestos (que se declaran anualmente) y quienes no obedezcan tendrán quebraderos de cabeza (algo que estará mejor formulado con las leyes reguladoras).

El gobierno de los Estados Unidos ha decidido que comenzará a usar inteligencia artificial para monitorear, o literalmente monitorear, a cualquiera que mencione en una red social que tenga criptomonedas, y además, usará esta tecnología (una especie de auditor cibernético) para saber quién hay allí. es un incumplimiento de las leyes (es decir, si estas personas están "caminando sobre las vías"). Una medida que aún no es inmediata, pero que definitivamente está en los planes de política gubernamental y que ciertamente debe ser adoptada por muchos otros países grandes (por razones bastante obvias).

Según el IRS (a través de un anuncio oficial), algunas de estas posibles herramientas reciben un tratamiento especializado para apuntar a todas las personas que usan criptomonedas, a través de sus publicaciones en las redes sociales, pueden ser encontradas por "auditores" y escanear su vida de criptomonedas para ver si las leyes de incentivos fiscales se están aplicando realmente. Los días del anonimato pronto estarán realmente contados y, por supuesto, los estadounidenses tuvieron que ser los primeros en hacerlo. La sed de poder nunca termina.

El seguimiento de estas actividades se centra en analizar información que es de dominio público y de ambos lados (tanto de los que venden, cuando los que compran... para recibir o realizar pagos) y no solo utilizarán redes sociales como Facebook o Twitter (por ejemplo), también creará un "brazo de extensión" relacionado con Telegram y WhatsApp, además de videos o cualquier otro material multimedia que mencione criptomonedas. Básicamente, si comentas que tienes criptomonedas, tienes un objetivo en medio de tu frente. Aparentemente, los robots estadounidenses tendrán mucho trabajo por delante.


Prepare-se para ser caçado.

A ideia de anonimato em torno das criptomoedas está com os seus dias contados, porque se depender da Receita Federal dos Estados Unidos (IRS), quem prentende burlar a lei em relação ao uso delas, terá que enfrentar consequências amargas. Dentre entre erros, está o fato de muitas pessoas terem moedas digitais e não estarem declarando-as oficialmente para o governo. Esses ganhos fazem parte do que presicar ser aprensentado nos impostos (que são declarados anualmente) e quem não obedecer terá dores de cabeças (algo que ainda será melhor formulado com as leis de regulamentação).

O governo norte-americano decidiu que começará a utilizar inteligência artificial para monitorar, ou literalmente vigiar, quem fizer menção em alguma rede social que é detentor de criptomoedas, e além disso, irá utilizar essa tecnologia (uma espécie de auditor cibernético) para saber quem tem alguma falha no cumprimento das leis (ou seja, se essas pessoas estão "andando nos trilhos"). Uma medida que ainda não é imediata, mas que definitivamente está nos planos da política do governo e que certamente deve ser adotada por muitos outros grandes países (por motivos bastante óbvios).

De acordo com a IRS (através de um anúncio oficial), algumas dessas possíveis ferramentas recebem um tratamento especializado para mirar em todas as pessoas que fazem uso de criptomoedas, através de suas publicações em mídias sociais, elas podem ser encontradas encontradas pelos "auditores" e terem à sua vida de criptomoedas vasculhada para saber se as leis de incentivo fiscal estão sendo realmente cumpridas. Os dias de anonimato em breve, realmente estarão com seus dias contados, e é claro que os americanos tinham que ser os primeiros a fazerem isso. A sede pelo poder nunca acaba.

O rastreio dessas atividades tem como foco analisar informações que sejam de domínio público e de ambos os lados (tanto de quem vende, quando de quem compra... para receber ou fazer pagamentos) e não vai utilizar apenas mídias socais como Facebook ou Twitter (por exemplo), irá também criar um "braço de extensão" relacionado ao Telegram e WhatsApp, além de vídeos ou qualquer outro material de mídia que faça menção as criptomoedas. Basicamente, se você comentar que tem criptomoedas, tem um alvo no meio da sua testa. Pelo visto, os robôs americanos terão muito trabalho pela frente.

Posted Using LeoFinance Beta