The real is the most depreciated currency in the world in 2020

LeoFinance
12 days ago
5 Min Read
985 Words

This post can also be read in Portuguese



There is a clear perception that not only Brazil but dozens of countries have seen the US dollar become increasingly expensive due to the Covid-19 pandemic crisis that hit the world in early 2020. But nothing compares with the great devaluation that the real has in the current scenario.

They are already around 30% devalued and it is the worst index among the 30 most traded currencies in the world. There are several factors that can still contribute to this terrible performance and it is not just the pandemic that is the villain in history. The country further aggravates the problem of inflation and, as always, the Brazilian people, the working people are the ones that suffer most from these effects.


realthumb.jpg

Source



What can explain this terrible place that Brazil currently occupies can be basically what any foreign investor does in the face of an imminent risk, which is simply taking money from emerging markets and sending it to safer places even if it means lower income.

The low perspective of economic growth is another factor that leads to this devaluation, as it keeps potential investors from being interested in putting their money in the country. It is common to imagine that it is evident that I as an investor will look for a place that will always give me a good return. The Selic rate currently at 2% prevents me from looking favorably on investing in Brazil.

The direct impact on our lives

Well, the negative effects of a devaluation of the real currency will not only impact those who buy dollars, but will reflect directly on the Brazilian family. The case of the high price of rice is an example to be highlighted. Rice is a staple food for any dish for the Brazilian people and what caused the price increase was the low production that did not wait for a pandemic and the international demand that caused the price to rise throughout the national territory.

portalcbncampinas.com.brprecodoarrozdisparaeassustaconsumidoresarroz.jpg

Source


The producer often prefers to sell abroad than to sell on the domestic market, as revenue in reais increases. The worst thing is that this is not limited to rice only, but we can also consider the same situation for corn, soybeans, sugar and milk.

The spending crisis, the weakening of the economy, an environmental factor are some reasons that may explain the higher dollar. The government did its part in fighting the pandemic by spending around 860 billion reais, but the price that we will pay in the coming years may result in a tragic scenario for the Brazilian people. We need tax and administrative reforms, because we either spend less or we will have an even greater tax burden in our lives.







4i88GgaV8qiFU89taP2MgKXzwntUGAvkoQiKU7VxyD37q97eJTHAfryYSYvRwVjWEp4GJy6iVb8iLrQgEkPr8dPNceKtxjVinoZ93vSk9P6WKdgVYmizgrb854.png


Versão em português


É nítido a percepção de que não só o Brasil mas dezenas de países viram o dólar americano ficar cada vez mais caro por conta da crise da pandemia do Covid-19 que assolou o mundo no começo de 2020. Mas nada se compara com a grande desvalorização que o real têm no atual cenário.

Já são cerca de 30% de desvalorização e é o pior índice entre as 30 moedas mais negociadas do mundo. Existem diversos fatores que podem ainda contribuir com esse terrível desempenho e não é apenas a pandemia a vilã na história. O país ainda agrava mais o problema da inflação e como sempre o povo brasileiro, o povo trabalhador é o que mais sofre com esses efeitos.

O que se pode explicar esse péssimo lugar que o Brasil ocupa atualmente pode ser basicamente o que qualquer investidor estrangeiro faz diante de um risco eminente que é simplesmente tirar dinheiro em mercados emrgentes e enviar para lugares mais seguros mesmo que isso signifique um rendimento menor.

A baixa perspectiva do crescimento da economia é outro fator que acarreta a essa desvalorização, pois afasta potenciais investidores a se interessarem a colocar seu dinheiro no país. É comum de se imaginar que é evidente que eu como investidor irei procurar um lugar que sempre me dará um bom retorno. A taxa Selic atualmente a 2% me impede de ver com bons olhos investir no Brasil.

O impacto direto em nossa vida

Bem, os efeitos negativos de uma desvalorização da moeda real não impacta apenas para quem compra dólar mas vai refletir diretamente para a família brasileira. O caso do alto preço do arroz é um exemplo a se destacar. O arroz é um alimento básico para qualquer prato para o povo brasileiro e o que ocasionou o aumento do preço foi a baixa produção que não esperava por uma pandemia e a demanda internacional que fizeram o preço subir em todo território nacional.

O produtor prefere muito das vezes vender para fora do que vender no mercado interno pois assim a receita em reais aumenta. O pior é que isso não se limita apenas no arroz, mas também podemos considerar a mesma situação para o milho, a soja, para o açúcar e para o leite.

A crise de gastos, o enfraquecimento da economia, fator ambiental são alguns motivos que podem explicar o dólar mais alto. O governo fez sua parte em combater a pandemia gastando algo em torno de 860 bilhões de reais, mas o preço que iremos pagar nos próximos anos podem resultar em um trágico cenário para o povo brasileiro. Precisamos das reformas tributária e administrativa, pois ou gastamos menos ou teremos uma carga tributária ainda maior em nossas vidas.






1551887833762.png

Thanks for reading so far. If you liked it, give that strength with your upvote and rate me. Feel free to leave a comment .Thanks guys!

1551887833762.png


LOGO coy hive.png

Gif shadow .gif

Posted Using LeoFinance Beta